23.1 C
Belem
qua, 16 out 2019 04:59

Sofrimento 2

Na hora da homilia a situação dos assistentes piorou e muito. Além da dificuldade de entenderam a fala de D. Giovanni, os sinos da Sé começaram a badalar o que impediu de se ouvir o que o Núncio Apostólico falava.

Sofrimento 3

Para os católicos que lotavam a Basílica Santuário, o pior ainda estava por vir: Na hora da comunhão faltou hóstia, isso mesmo, faltou hóstia. Duas turistas de Fortaleza, que estavam na mesa da comunhão, quando chegou a vez de receberam o Corpo de Cristo, foram comunicadas que as hóstias haviam terminado.

Garotos Propaganda

O Repórter 70 de ontem publicou uma nota dizendo que os católicos estranham a ausência dos Padres Barnabitas nos atos que antecedem o Círio. Não é bem assim. Dois sacerdotes da comunidade da Ordem em Belém, Padres Giovani Incampo e José Moura estão aparecendo em comerciais veiculados de graça pela TV Liberal pedindo dinheiro aos católicos para a reforma do sistema elétrico da Basílica Santuário e para a implantação de um sistema anti-incêndio.

Garotos Propaganda 2

Aliás, este ano, os Padres de Nazaré, pediram mais do que nunca a colaboração dos devotos: para a pintura da Basílica, para os sistemas elétricos e anti-fogo e para a Casa de Plácido. Dos recursos arrecadados pela Diretoria do Círio não sobra nada?

Candidato a Escombro

Mais um prédio público pode ser abandonado. É o dos Mercedários que esteve na iminência de passar para a iniciativa privada. Há mais de um ano, a Prefeitura de Belém conseguiu que o Governo Federal passasse para ela o prédio. As negociações com um grupo português que queria transformar os Mercedários num hotel, como fez em várias capitais do Nordeste, acabaram quando a Universidade Federal apareceu com a proposta de transformar o imóvel em Escola de Arquitetura. A Prefeitura tinha interesse no negócio com os estrangeiros, porque o hotel revitalizaria aquela área da cidade.

Cadê o Dinheiro?

A Coluna não acredita que a UFPA tenha capacidade financeira para executar as obras que os Mercedários necessitam. Se a UFPA não tem dinheiro para recuperar a Capela Pombo, comprada há mais de três anos e que não caiu ainda graças ao trabalho do Arquiteto Flávio Nassar do Fórum Landi, como irá recuperar o prédio dos Mercedários.

Cadê o Dinheiro? 2

Aliás, o desinteresse irresponsável da Universidade não se restringe a Capela Pombo e aos Mercedários. Há um convênio assinado entre a Universidade e a Arquidiocese de Belém, segundo o qual a Cúria cedia para a UFPA três casarões seculares na primeira rua de Belém, a Ladeira do Castelo. Pois bem dos três imóveis a Universidade só recuperou um e abandonou os dois outros.

Estranho

A Coluna estranha, como todos os devotos da Senhora de Nazaré, que de uns tempos para cá o “Vós Sois O Lírio Mimoso” que é uma espécie de hino de Nossa Senhora de Nazaré, não é cantado nas romarias e procissões referentes ao Círio.

Exemplo

Na quinta-feira, na quase romaria que leva os carros que sairão no Círio para o cais do porto, o carro-som era da Guarda de Nazaré e quem estava nele cantava hinos religiosos acompanhado de uma animada bandinha.

Gentileza

A amizade que une o ex-deputado Gerson Peres e o governador Helder Barbalho é de velhos amigos. Parece até que pescavam mapará juntos ou brincavam de pira na Praça dos Notáveis, em Cametá. Helder já levou Gerson em seu avião para Cametá e Chaves. Gerson diz que na sua longa vida política nunca foi tão bem tratado por um governador, nem mesmo pelos de seu grupo político.

Conecte-se conosco

179,887FãsCurtir
12,460SeguidoresSeguir
177,619SeguidoresSeguir