27 C
Belém
sáb, 22 fev 2020 21:52

Coluna do Salame

      Acompanhe de segunda a sexta as notícias do jornalista Edson Salame

      Aqui não

      As prefeituras de Belém, Marituba e Ananindeua têm que escolher o novo município que receberá o lixo das três cidades dentro do mais rigoroso sigilo, do contrário não encontrarão um local para montar o terminal. Por exemplo, o prefeito de Barcarena, ao ouvir dizer que seu município poderia ser escolhido, apressou-se para dizer que não permitirá montagem do equipamento.

      Finalmente

      O presidente da Academia Paraense de Letras, Alcyr Meira, depois de vários meses de interrupção, fará realizar, ainda este mês de junho, uma reunião dos confrades. O local não foi ainda definido, mas, pode ser na sede da OAB.

      Salinas: um exemplo

      A administração de Salinas é um exemplo para o restante das prefeituras do Pará. O prefeito local já construiu dois novos mercados, mantém a cidade limpa com coleta regular do lixo, está com a cidade toda asfaltada e florida. No ano passado criou equipes de jovens para limpar as praias que são emporcalhadas pelos visitantes.

      Promoção

      A gigante Unilever promoverá uma grande ação de limpeza nas praias de Salinas, durante o mês de julho. Patrocinará equipes de jovens para recolher o lixo deixado nas praias e doará dois carros elétricos para recolher o lixo. A ação será desenvolvida nas praias do Atalaia, do Farol Velho, do Maçarico e da Corvina.

      Inúteis

      Estudantes fecharam várias e principais ruas de Belém, em protesto pelo aumento das passagens de ônibus. O grande prejudicado foi o povão porque teve que enfrentar grandes congestionamentos exatamente no final da manhã, na hora de voltar para a casa, para o almoço. Aliás, o protesto dos estudantes, além de inútil parecia mais uma brincadeira de colegiais. E era.

      Enólogo

      Um dos maiores conhecedores de vinhos de Belém é o piedoso Cônego Ronaldo Menezes. Aliás, conhecedor e consumidor. Os paroquianos descobriram o bom gosto do religioso que bebe vinho de Missa por dever de ofício, mas, o que ele prefere mesmo são rótulos franceses, italianos e, eventualmente, portugueses.

      Água jogada fora

      A ONG Trata Brasil, que acompanha o desempenho das empresas de água e saneamento do país, acaba de divulgar os números das companhias de todos os estados. É impressionante o mau desempenho empresarial, a começar pela empresa de Roraima que perde 70% da água tratada. A nossa Cosanpa está no pelotão intermediário da ineficiência, com uma perda entre 30% a 49%.

      Banho

      Os ladrões que assaltam as agências bancárias, no interior, estão dando um banho na Polícia. De janeiro até o dia 1º de junho já houve dezesseis assaltos e seis tentativas. Os bancos, a não ser a destruição das agências com dinamites, não tem nenhum prejuízo financeiro, que é coberto pelo seguro que o Banco Central exige que seja feito. O prejuízo, na verdade, é dos bancários e dos moradores das cidades que, na maior parte das vezes, são transformados em reféns ou o que é pior, colocados sobre os capôs dos motores dos carros como escudos humanos.

      Eficiência

      Louve-se o trabalho da Polícia na descoberta e prisão dos envolvidos na chacina da Passagem Jambu, no bairro do Guamá. Foi um trabalho eminentemente técnico e rápido que chegou a surpreender o próprio Governo. Todos os recursos dos diversos setores da área de Segurança foram mobilizados e responderam ao chamado com eficiência.

      Vem conflito por aí

      O Sistema Penal anunciou que os militares acusados da chacina do Guamá não terão direito a cumprir as penas a que serão submetidos no Presídio Anastácio das Neves. Serão recolhidos a presídios comuns. Se isto realmente acontecer haverá um conflito. É que no Anastácio das Neves estão recolhidos militares da PM que foram condenados por execuções ocorridas em Benevides, Ananindeua, Icoaraci e Belém.