37.2 C
Belem
qui, 19 set 2019 14:02

Coluna do Salame

Acompanhe de segunda a sexta as notícias do jornalista Edson Salame

Amparado

Há uma versão sobre a Cohab, segundo a qual o governador Helder Barbalho está esperando que o deputado José Scaff deixe a Assembleia Legislativa. Como não conseguiu se reeleger, o governador Helder Barbalho estaria reservando a presidência da COHAB para não deixar Scaff desamparado.

Privatização

Os bancários empregados do Basa preparem-se para uma boa briga com fortes chances de não ter êxito. É que o secretário de Privatizações da presidência da república, Salim Mattar, num evento em São Paulo disse que o governo só ficará com o Banco do Brasil, Caixa Econômica e Petrobras. O resto das empresas serão todas privatizadas, nelas incluídos o Banco da Amazônia e o Banco do Nordeste.

Assustam

O governo diz que houve uma redução de quase 40% nos roubos registrados no estado. Pode até ser verdade, mas os números ainda assustam. São cerca de 200 todos os dias. Os bandidos que assaltam bancos no interior ainda não sentiram a ação da Polícia. O último foi em Mãe do Rio, com direito a tudo: explosão da agência com dinamite, reféns e tiros, muitos tiros para intimidar os moradores.

Esperando

De todas as legendas que apoiaram a campanha do governador Helder Barbalho a única que não foi recompensada, o Partido Progressista, continua esperando o mimo do governador.

Furto

Estão se tornando comuns os furtos de material deixado no interior dos carros que estão no estacionamento do Shopping Boulevard. No final da última semana, um cliente, ao buscar o seu carro notou que ele estava arrombado, procurou a administração pedindo por providências. Foi surpreendido pela proposta do shopping, o cliente estaria livre do valor do estacionamento e a questão estaria encerrada. Claro que não houve acordo e a questão vai para a justiça.

Sozinho

É bem provável que na eleição da Assembleia Legislativa não haja candidato de oposição ao Dr. Daniel que conquistou, ontem, os votos da bancada do PT, durante um café da manhã no próprio prédio do legislativo.

Mentira

A Coluna, devidamente autorizada por um dos diretores do Grupo Líder, desmente os boatos que deram como certa a venda do conglomerado ao Carrefour e anunciavam até os valores do negócio: R$ 4 bilhões sem os imóveis e R$ 7 bilhões com os prédios. O Líder, que é o maior grupo empresarial do Pará com 29 supermercados, 15 Magazans e 13 FarmaLíderes, agora dá toda atenção à ampliação do Castanheira, o shopping que faz parte do grupo.

Mistério

Do jornalista e poeta José Maria Leal Paes: “No cenário escatológico de Brumadinho, é mais fácil decifrar o mistério da Santíssima Trindade do que entender como a Vale construiu um refeitório na base de uma barragem”.

Demora

Amigos políticos do ex-governador ainda estão sem entender porque Simão Jatene manteve tanto tempo o general Jeannot Jansen à frente da Segup e só o tirou do cargo quando o número de homicídios, em janeiro de 2018, chegou à inacreditáveis 279 na grande Belém.

Barragens

A Vale tem aqui no Pará, só em Carajás onde fica sua principal planta, quatro barragens grandes acompanhadas permanentemente para evitar desastres como o de Brumadinho. Enquanto as barragens da Vale, em Minas Gerais, tem cerca de 40 anos, as nossas são muito mais novas, o que as torna mais seguras. Na Mineração Rio do Norte, que faz a extração da bauxita para exportação, o número de barragens é maior, chegam a seis.

Conecte-se conosco

179,793FãsCurtir
12,460SeguidoresSeguir
177,514SeguidoresSeguir