Adivinhou

    Na sexta-feira, o benemérito do Paysandu, Antônio Couceiro, era, talvez, o único torcedor bicolor que acreditava numa vitória do Papão com uma diferença de 3 gols que lhe daria o título. Para quem estranhava o otimismo de Couceiro, ele, que viveu os anos de glória da cruz de malta, lembrava da história da “geladeira”.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui