Lamento

    O Escritor Orlando Carneiro não resistiu a um enfarto que sofreu no final da semana. Carneiro começou sua vida profissional como locutor da extinta Rádio Guajará, tendo trabalhado também na Mendes Publicidade, na Comunicação Social da então Força e Luz do Pará e ainda presidido a Funtelpa. Orlando estava escrevendo o livro “O último Carneiro da Conselheiro Furtado”, rua em que morava.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui