Para o advogado Mauro Santos, que está à frente dos processos de recuperações judiciais do Grupo Visão e do conglomerado de empresas Y. Yamada, ambas tem chances de deixar os processos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui