Uma das vítimas do maníaco era sobrinha do, hoje deputado federal, Eder Mauro, que reuniu velhos policiais, seus amigos, que logo chegaram aos criminosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui