Dias, que no tempo dos governos militares defendeu dezenas de presos políticos, colocou o Pará na relação dos estados brasileiros onde os presos são torturados. Citou que nas penitenciárias do estado, quando foram ocupadas por agentes penitenciários federais, os presos tiveram os dedos quebrados e tomavam água dos vasos sanitários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui