Um vigarista está telefonando para os clientes do Banpará dizendo que a movimentação bancária dá-lhe direito a pontos que podem ser transformados em dinheiro. Aí vem o golpe: pergunta ao cliente o número da conta e CPF alegando serem necessários para poder proceder o resgate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui