Um esportista da velha guarda diz que o que falta para a querida Tuna Luso Brasileira não é só um time competitivo. Falta ao clube um dirigente de futebol do nível de Manuel Chipelo, que administrava o setor do clube com dedicação e, sobretudo amor. A Cruz de Malta deve-lhe as importantes conquistas que teve no auge de sua existência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui