Cansadas de serem assaltadas, colocando em risco a vida de clientes e empregados, as farmácias de Belém deixaram de vender telefones celulares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui