O Ministério Público do Pará vai pagar o auxílio moradia a seus integrantes. É uma sangria nas finanças do estado e vai de encontro às medidas do Presidente Jair Bolsonaro. A boca tem efeito retroativo. Os promotores vão receber os agrados não pagos de dezembro de 2018 até hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui