Causou surpresa a inclusão do Porto de Belém entre os bens da União que passarão para a iniciativa privada. Parece até que o governo quer vender a CDP por partes. A empresa já perdeu muito patrimônio. A última parte foi a área onde foi construído o Porto Futuro. Grande parte do terreno de Miramar já foi a leilão e três casas da diretoria da Enasa foram entregues à Marinha, para ser construída a nova sede da Capitania dos Portos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui