Quando o presidente do Paysandu viajou para o Rio a fim de contratar um advogado para dar entrada, no STJD, no processo para anular o jogo com o Náutico, a Coluna disse que seria perda de tempo. O jogo não seria anulado. Não deu outra. No julgamento de sexta-feira o Paysandu perdeu por 7×0.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui