Nas prisões de PM’s acusados de integrarem uma milícia de execuções há duas surpresas: um oficial superior, que é Tenente-Coronel, e uma mulher, cabo, faziam parte do grupo criminoso.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of