O Procurador de MG, Leonardo Azeredo, teve a coragem de chamar de “miséria” seu salário de R$ 24 mil, fora outras vantagens que a categoria daquele estado e de outros do país tem.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of