Com tudo isto, as autoridades penitenciárias não reconhecem a existência das Facções dentro delas, mesmo com a juíza criminal de Marabá, Renata Milhomem, tendo recomendado que os presos egressos de Altamira fiquem em celas distintas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of