Em 1950 o SNAPP recebeu cinco navios de passageiros e um especialmente para a linha Mosqueiro-Soure que afundou atracado no trapiche da cidade marajoara, de onde nunca foi retirado. A empresa fluvial foi estadualizada com o nome de Enasa, que também desapareceu, assim como os navios.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of