As redes sociais provocaram um espetáculo dantesco, digno de um país sem lei. Veicularam imagens de cabeças dos presos mortos em Altamira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui