O comércio ilegal de venda de gás de cozinha está aumentando em Belém, a despeito da mobilização da Polícia, MPE e Ministério Público do Trabalho que, há nada menos de 20 anos, tenta conter a ilegalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui