A Coluna lamenta o estado em que se encontra o Hospital Barros Barreto, que já foi referência no tratamento da tuberculose. Quando foi idealizado, seria o Sanatório de Belém, unidade que seria criada pelo Governo Federal em todos os estados do Norte. Em agosto de 1959, o Hospital foi inaugurado com 16 doentes transferidos do Domingos Freire. O Barros Barreto, numa época recente, reunia a nata dos médicos especialistas em doenças pulmonares, como Almir Gabriel, Ernani Mota, e Nilo Almeida, politicamente de esquerda e dedicados à saúde pública e ao SUS.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of