Era tão querido que quando os fiéis que acompanhavam o Círio o viam no primeiro andar do Manuel Pinto da Silva, de onde todos os anos assistia a passagem da berlinda, faziam uma parada espontânea na procissão para saudá-lo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui