Nas redes sociais há dezenas de pedidos do remédio Imatinibe, inclusive de cidades do interior. A Coluna entrou em contato com o hospital Ophir Loyola, que é o responsável pela entrega do Imatinibe, e está sendo acusado de não ter os medicamentos, inclusive o que evita a rejeição de órgãos transplantados, que se defende: O hospital recebe os remédios da Sespa e esta os recebe do Ministério. O HOL apenas entrega os remédios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui