O advogado José Maria Toscano internou-se num hospital da cidade para fazer hemodiálise. Irritado e cansado por permanecer cinco dias, na UTI submetido ao procedimento tentou deixar a cama. Como estava sob o efeito de anestésico, foi contido. Numa segunda vez, conseguiu desvencilhar-se das amarras, mas caiu do leito levando sete pontos na cabeça.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of