O Papa Francisco emitiu um documento, fartamente anunciado, dizendo que a Igreja vai autorizar que homens casados poderão ser Padres, principalmente nas regiões remotas da Amazônia. A ala conservadora da Igreja já anunciou, entretanto, que a questão ainda será debatida e decidida no Sínodo dos Bispos da Amazônia, em outubro, no Vaticano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui