Acontecem coisas estranhas no Presídio de Salinas. Teve um diretor que fez um grupo de internos desfilar pelas ruas da cidade em comemoração a Semana da Pátria, junto com os estudantes. Agora, o último ocupante do cargo, que assumiu em janeiro, já foi mandado embora porque numa vistoria da Susipe foi encontrada uma fábrica de cachaça na unidade.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of