Durante muitos anos as autoridades penitenciárias do estado sempre fizeram questão de negar a presença de facções criminais nos presídios do estado, embora as indicações do contrário fossem evidentes. Agora, o secretário penitenciário do estado, Jarbas Vasconcelos, admite a existência das facções e vai além, diz que qualquer preso, quando entra em quaisquer cadeias, é obrigado a escolher qual a facção que ficará ligado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui