Os pecuaristas paraenses estão com pouca sorte para exportar carne bovina para a China, o melhor mercado consumidor do produto nacional. Primeiro o governo brasileiro acertou a venda com as autoridades chinesas, mas, deixou os frigoríficos paraenses de fora do negócio. Depois, quando o Brasil reabriu as negociações com o governo da China e ficou estabelecido que três plantas do Pará participariam da exportação o Brasil, suspendeu as exportações por causa do surgimento de um caso da doença da vaca louca, em Mato Grosso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui