Até que enfim o esforço do presidente da Academia Paraense de Letras, Alcyr Meira foi recompensado. Conseguiu R$ 300 mil do Programa de Reforma dos Prédios Históricos para recuperar a sede da entidade. Além das obras de alvenaria o sistema elétrico será todo recuperado, e serão adquiridos novos equipamentos de refrigeração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui