Depois da chacina da Passagem Jambu o governo vai apressar a implantação de serviços prioritários como pavimentação de ruas, eliminar alagamentos e melhorar os setores de saúde e educação dos bairros mais carentes de Belém. Mas, enquanto não tem estrutura para executar esses serviços, o Estado, até porque precisa de um convenio com a Prefeitura, fará ações sociais nos bairros, com atendimento médico-dentário e emissão de documentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui