A Coluna recebeu um e-mail da assessoria de Comunicação Social do Centro de Perícia Científica, no qual pede a correção da nota, alegando que, quando a perícia chegou ao local, a cena do crime já estaria comprometida pela presença de curiosos que já a haviam alterado. Em um trecho do e-mail, a assessoria diz: “Entre os questionamentos da classe pericial em relação à nota uma é: por que o colunista cita que o trabalho dos peritos criminais foi mal feito devido a esta cápsula? Qual o embasamento para essa afirmação?”. Resposta da Coluna: exatamente pelo fato dos peritos não terem recolhido a cápsula para a devida análise e só então a descartar como uma possível prova.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of