Que os 80 homens da Policia Militar sediados na Assembleia Legislativa foram de total inutilidade para evitar o furto, pela quarta vez, de equipamentos de ar condicionado, todo mundo já sabe. A Coluna conta agora outro episódio ocorrido há anos. Quando houve a explosão da loja de fogos da firma Bechara Matar, que ficava ao lado da Alepa, a equipe de segurança do presidente na época, deputado Martinho Carmona, cuidou de abandonar o prédio correndo, deixando Carmona entregue a Deus.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of