Através da Associação Amazônica Evangélica, braço social da Convenção, serão assinados pelo menos dois convênios com o governo, através dos quais o Pastor Gilberto Marques chefiará os projetos de assistência aos índios do Sudeste e Sul do Pará e fará o combate à prostituição infantil na região do Marajó, que cresce sem parar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui