Como está demorando a liberação, pela Prefeitura, dos recursos da Lei Federal Monumenta, destinados à recuperação de monumentos e prédios históricos, o presidente da Academia Paraense de Letras, Alcyr Meira, vai pedir dinheiro ao governador Helder Barbalho, deixando de lado o confrade Zenaldo Coutinho.

Artigo anteriorMais
Próximo artigoComeçaram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui