Mesmo com a presença da Força Nacional em Belém, as mortes violentas continuam acontecendo, entre elas de praças da ativa ou da Reserva Remunerada da PM. Domingo, na Sacramenta, mais um militar PM foi morto. Na Pedreira a Rotam foi acusada de ter matado dois jovens algemados numa casa de Vila. A PM diz que foi recebida a bala pela dupla.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of