Alguns medicamentos que são entregues, gratuitamente, aos pacientes portadores de câncer e àqueles que fizeram transplantes, de uso contínuo para evitar a rejeição, continuam faltando na farmácia do Ophir Loyola. Os medicamentos, caríssimos e por isso fora do alcance do povão, são fornecidos pelo Ministério da Saúde, que os repassam às secretarias de Saúde dos estados para serem entregues aos pacientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui