As execuções que continuam em Belém, com os bandidos ignorando a presença da Força Nacional, estão fazendo passar rapidamente o clima de lua de mal que havia entre o aparelho policial e a população. O governador Helder Barbalho, na campanha e no governo apostou todas as fichas na FN para acabar com os crimes violentos no Pará, o que, lamentavelmente não aconteceu. Ontem, um mecânico foi executado quando saia de sua oficina, à 1 hora da tarde, numa das avenidas mais movimentadas de Belém, a Pedro Miranda.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of