Em segundo lugar vem nada menos do que a mineradora Vale, cujo débito é de R$ 1,2 bilhão. Outra cervejaria, a Ambev, que lidera o mercado brasileiro com as marcas, Brahma, Skol e Antarctica e cujo proprietário é o homem mais rico do Brasil, Paulo Lemann, deve ao tesouro do estado R$ 778 milhões. Parece que o melhor negócio das cervejarias é dever para o fisco estadual, pois a Heineken, que já foi Schincariol e depois a japonesa Kirin do Brasil, deve R$ 150 milhões.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of