Elogiáveis foram as ações das Polícias do Ceará e do Rio Grande do Norte, estados considerados por uma ONG mexicana como os mais violentos da América do Sul no ano de 2018. Em 2019 o Ceará registrou a maior queda em homicídios, 58%, e o estado potiguar 42%. Enquanto isso, aqui no Estado, continuam as execuções com as vítimas sendo mortas dentro de casa e os militares que continuam morrendo e tendo suas armas furtadas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of