A secretária de Cultura, Úrsula Vidal, no pouco tempo que está no cargo já sabe que o dinheiro que tem no orçamento não dá para levar eventos para o interior, como supunha antes. Por isso resolveu ir à Assembleia Legislativa, de pires na mão, para tentar comover os deputados a arranjar-lhe algum. Úrsula quer mostrar serviço à frente da Secult para ser escolhida candidata à prefeitura de Belém por Helder.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of