Se as diretorias anteriores da CDP tivessem dado atenção ao secular porto de Belém e não o abandonado como fizeram, ele hoje poderia ser usado tranquilamente como o natural substituto de Vila do Conde. Hoje, de qualquer forma, a empresa tem que fazer algum investimento para colocá-lo em condições de voltar a operar.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of