O Tribunal Regional do Trabalho fez um julgamento no mínimo bizarro. Um funcionário de uma empresa terceirizada que trabalha para a Vale em Parauabepas, entrou com uma ação contra a empregadora acusando-a de assédio moral e em consequência pedindo indenização por dano moral.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of