Veja os casos do afundamento do navio boiadeiro Haidar, que poluiu as águas do rio Pará impedindo a frequência da praia do Caripi e a pesca em Barcarena. O governo do Estado entrou como fez agora, na justiça, processando as empresas proprietárias dos bois e do navio. Passados quatro anos do acidente, os processos estão rolando nos fóruns de Belém e Barcarena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui