O Tribunal de Justiça do Estado ainda não fixou a data para a realização do concurso público nacional que selecionará o novo titular do Cartório Marítimo que, por mais de 80 anos ficou sob a responsabilidade do tabelião Juba de Moraes. Atualmente, a Serventia tem como titular uma interina. O TJE, para a realização do certame, tem que arcar com as custas, que é, sempre, um valor bem razoável. O concurso, como sempre acontece, atrai candidatos de todo o país.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of