Quem tinha coragem de enfrentar o Governo Federal era o General Magalhães Barata. Veja este exemplo: numa viagem de JK de Brasília para Macapá, o jornalista Ossiam Brito, então diretor da Sucursal de O LIBERAL em Brasília, que integrava a comitiva, soube a bordo que o deputado federal Coaracy Nunes seria nomeado superintendente da SPVEA, cargo que Juscelino prometera ao General Barata, o qual faria a indicação. Quando a notícia foi publicada o governador do Pará mandou Lameira Bittencourt renunciar a liderança do governo no Senado. A reação assustou JK que desistiu da nomeação de Coaracy e esperou a indicação do chefe do PSD no estado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of