Os dirigentes da Saúde Pública do Pará tiveram o bom senso de fazer voltar para a chefia da Divisão de Doenças Transmissíveis da SESPA a médica Débora Crespo, qualificada para o cargo que trata de AIDS, tuberculose e hepatites. Débora havia sido vítima da política rasteira que demitira todos os ocupantes de cargos DAS que haviam sido nomeados pelo governo passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui