Hoje, para que o estádio volte ao que era em tempos passados, o governo terá que gastar uma pequena fortuna. Entre as obras prioritárias estão a da construção de rampas que facilitem o ingresso e a saída de torcedores e a recuperação do sistema hidráulico com a colocação de novas louças que vão substituir as que foram quebradas pelos frequentadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui