O advogado Luciel Caxiado, defensor de Mônica Pinto, ex-servidora da Assembleia Legislativa e que denunciou a grande fraude na folha de pagamento daquele poder, pedirá ao MP o perdão judicial, alegando que Mônica teve papel destacado para que a fraude fosse descoberta. O processo de Mônica já está em fase final esperando somente as alegações da Promotoria, após o que, estará pronto para receber a sentença do juiz do feito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui