A CDP contabilizou a perda de terras que ela teve recentemente, sem nenhuma vantagem financeira. A primeira foi a enorme área, na Doca, onde foi construído o Belém Porto Futuro, antes desapropriada para o Ministério do Planejamento e agora as áreas de Miramar e a de Vila do Conde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui