Ninguém entendeu o mutismo da Arquidiocese de Belém quando D. Orani Tempesta, Cardeal do Rio de Janeiro, e que foi Arcebispo de Belém, foi acusado de envolvimento nas falcatruas da Pró-Saúde. Faltou, no mínimo, uma nota de solidariedade ao religioso. A estranha posição da Arquidiocese faz com que cresçam os rumores de que existe um mal-estar entre D. Orani e D. Alberto Taveira.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of